Dizem que são nos momentos difíceis que descobrimos quem são os que realmente se importam conosco, Padre Fabio de Melo já falava no poema A Liturgia do Tempo sobre o território desconcertante da inutilidade, quando pensamos que as pessoas gostam da gente, mas elas estão interessadas naquilo que a gente faz por elas, o território da inutilidade está justamente nisto, percebermos quem realmente nos ama, que depois da nossa utilidade descobriu nosso significado como pessoa, nos tornamos inútil sem perder o valor.

Por mais difícil que seja para nós compreendermos que no momento em mais precisamos algumas pessoas simplesmente “viram as costas”, lhe abandona, devemos sobretudo lembrar que a todo momento Deus está com os braços abertos para nós, por mais difícil que seja o momento ele está ao seu lado, como está escrito em Josué 1:9 “ Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois, o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. 
 
Entender que a vontade de Deus e que seus planos são perfeitos nos proporciona a paz espiritual necessária para que possamos confiar que acima das dificuldades enfrentadas há sempre o seu cuidado e uma lição necessária para nosso aprendizado, uma vez que como está escrito em Romanos 8: 28 Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

Portanto até nos momentos que nos tornamos inúteis para algumas pessoas e de apesar da inutilidade nos tornamos também de fundamental importância para outras, que descobrimos nosso real significado para os que convivem conosco, quem realmente nos valoriza enquanto pessoa. Só o amor fará ulguns ficarem enquanto outros forem embora da sua vida nos momentos difíceis.  Nestes momentos mais uma vez Deus busca nos ensinar que apesar de nossas falhas enquanto ser humano não há no mundo amor maior que do o seu. A resposta sempre é o amor e Deus é amor.
Marcadores: , , , |
Reações: